segunda-feira, 23 de maio de 2011

Afraid


Tenho medo. Muito medo.
Medo que te afastes, que deixes o presente. Mas mais ainda, medo que deixes de sentir o que dizes.
Hoje consegui sentir o teu coração bater enquanto estava a dormitar no teu peito, e batia cada vez mais e cada vez mais forte (soube-me bem sentir o teu batimento enquanto me mimavas.) Eu não quero deixar nada do que temos pra trás, acredita. Quero tanto que percebas o quanto te amo e o quanto te quero. Ver-te a sorrir quando me olhas é das coisas que mais me faz feliz e que me faz sentir amada por ti. Queria tanto poder estar contigo todos os dias como era dantes, mas o destino mudou-nos os planos, e agora sempre que estamos juntos é como se algo mágico acontecesse. Ao pé de ti sei bem que fico uma criança completamente tola e apaixonada, mas não consigo controlar esta vontade doida de te agarrar e não te deixar ir. Quero tanto fazer-te o Homem Mais Feliz do Mundo, deixas?
Todas as noites peço para que fiquemos juntos, espero que este meu desejo se concretize.
Amo-te, mais que tudo o resto.

Joana Ochsemberg

20 comentários:

  1. oh, este post está tãoo bonito :')

    ResponderEliminar
  2. Tão sentimental minha melhor amiga... ´
    ès tão linda querida
    Amo-te e adoro esse post

    ResponderEliminar
  3. Gostei...

    Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. de nada querida. está mesmo muito bonito *

    ResponderEliminar
  5. a imagem q pus no post está linda e bastante adequada :D ahah

    ResponderEliminar
  6. Que lindo!*-*
    Tenha um ótimo restinho de semana! (:

    ResponderEliminar
  7. que kikinha, espero bem que sim linda :s
    gostei imenso :)

    ResponderEliminar
  8. obrigada querida :D
    adoro o texto :D
    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Podes clicar em gosto? (:

    http://www.facebook.com/pages/Not-a-Dream-its-Reality/213444915349764

    Se gostares claro

    ResponderEliminar